QUEM SOMOS

JOGADORES ANÓNIMOS PORTUGAL, BREVE HISTÓRICO E AS 20 PERGUNTAS

Jogadores Anónimos é uma Irmandade de homens e mulheres que partilham entre si a sua experiência, força e esperança para resolverem um problema comum – o jogo compulsivo – e para ajudarem outros a recuperar do mesmo problema.

O único requisito para se ser membro é o desejo de parar de jogar. Não é necessário pagar taxas de admissão nem quotas. O grupo de Jogadores Anónimos não está ligado a nenhuma seita, religião, organização ou instituição política, não se envolve em controvérsias e não subscreve quaisquer causas.

Através das suas próprias contribuições os grupos de Jogadores Anónimos são autossuficientes. O objetivo principal de Jogadores Anónimos é ajudar o jogador compulsivo a parar de jogar.

Contacto
Geral

919 449 917

Grupo de Sintra
“Acreditar”

962 825 750

Grupo do Porto
“Porto”

933 191 317

A maioria de nós hesitava em admitir que éramos jogadores compulsivos. Ninguém gosta de pensar que é diferente dos outros. Por isso, não é surpreendente que os nossos percursos enquanto jogadores sejam caracterizados por inúmeras e infrutíferas tentativas de provarmos a nós próprios que éramos capazes de jogar de forma controlada, como os outros.

A ideia de poder – algum dia, de alguma maneira – controlar o jogo, é a grande obsessão de todos os jogadores compulsivos. A persistência dessa ilusão é surpreendente. Muitos jogadores perseguem-na até às grades da prisão, até à insanidade ou mesmo até à morte.

Aprendemos que é necessário aceitar claramente, do fundo do nosso coração que somos jogadores compulsivos. Este é o primeiro passo para a nossa recuperação. Precisamos de acabar com a ilusão de que somos ou de que poderemos tornar-nos pessoas como as outras, no que respeita ao jogo.

Perdemos a capacidade de controlar o nosso jogo. Sabemos que nenhum verdadeiro jogador compulsivo alguma vez recuperou o controlo sobre o jogo. Todos nós já achámos, algumas vezes, que tínhamos recuperado o controlo, mas aos intervalos – normalmente pequenos – de interrupção do jogo, seguiam-se inevitavelmente períodos de descontrolo ainda maior e isso levava-nos a uma profunda e incompreensível desilusão.

Estamos convencidos de que jogadores como nós são portadores de uma doença progressiva. Após algum tempo tornamo-nos piores, nunca melhores. Portanto, para poder levar uma vida normal e feliz, tentamos praticar da melhor maneira alguns princípios nas nossas atividades diárias. 

O que é o jogo compulsivo?
O jogo compulsivo é uma doença, progressiva por natureza, que não pode ser curada, mas que pode ser detida. Antes de chegar a Jogadores Anónimos, muitos jogadores compulsivos consideravam-se moralmente fracos ou achavam simplesmente que “não prestavam”. Segundo Jogadores Anónimos, os jogadores compulsivos são na verdade pessoas doentes, que podem recuperar-se, se derem o melhor de si para cumprir um programa que provou ser um sucesso para milhares de outros homens e mulheres com problemas de jogo ou de jogo compulsivo. 

Qual é a primeira coisa que um jogador compulsivo deve fazer para parar de jogar?
O jogador compulsivo precisa de estar disposto a aceitar o fato de que está sob o domínio de uma doença e deve ter o desejo de ficar bem. A nossa experiência tem demonstrado que o programa de Jogadores Anónimos funcionará para qualquer pessoa que tenha o desejo de parar de jogar. No entanto, o programa nunca funcionará para aqueles que não encarem honestamente os fatos sobre a sua doença.

Como é que pode dizer se é, ou não, um jogador compulsivo?
Apenas você pode tomar essa decisão. A maioria das pessoas procura Jogadores Anónimos quando admite que o jogo tomou conta da sua vida. O jogador compulsivo também é descrito em Jogadores Anónimos como uma pessoa a quem o jogo causou problemas constantes e crescentes, em todas as áreas da sua vida. Muitos membros de Jogadores Anónimos passaram por experiências terríveis antes de estarem prontos a aceitar ajuda. Outros, enfrentaram uma deterioração lenta e subtil, que os levou finalmente ao ponto de admitir o seu fracasso.

Como pode alguém parar de jogar graças ao programa de Jogadores Anónimos?
Uma pessoa pode parar de jogar mediante uma progressiva mudança de caráter. Isto pode ser alcançado tendo fé no Programa de Recuperação de Jogadores Anónimos e observando os seus conceitos básicos.

Não há atalhos para alcançar essa fé e esse entendimento. Para nos recuperarmos dessa compulsão extraordinariamente manhosa e desconcertante será necessário um esforço constante. honestidade, mente aberta e vontade são as palavras chave para a nossa recuperação.

JA começou com Jim W…. Com uma vida repleta de problemas com o jogo, desmoralizado pelas suas perdas e fracassos em parar de jogar, começou a beber muito. 

Em 1946 juntou-se a AA. Lá encontrou Sybil, com quem veio a casar-se em 1951.

Aplicando os princípios de AA, obteve sucesso no alcoolismo e algum progresso no jogo. Atendendo à sugestão da esposa, começou a contactar outras pessoas com problemas de jogo.

Encontrou Johnny W. um amigo membro de AA e jogador compulsivo. Criaram, com dois outros, A Sociedade Algamus, que fracassou na segunda reunião.

Após este fracasso, voltou a jogar. Em novembro de 1955, a sua esposa, que trabalhava no escritório central de AA, recebeu uma ligação de Art M., encaminhando-a para Jim.

Providenciou-se uma reunião no apartamento de Jim, com alguns amigos e dois antigos membros da Sociedade Algamus.Art M. concordou em participar, apenas com a promessa de um empréstimo de $20.

Após esta reunião nunca mais foi visto.

As reuniões no apartamento de Jim continuaram durante vários meses, até ficar sozinho
novamente.

Concluiu que o apartamento era informal demais, não havendo compromisso do grupo em dar apoio ao local da reunião.

No final de 1956, Jim recebeu uma chamada de Sam F. Os dois tornaram-se amigos imediatamente e por causa do apoio mútuo, não jogavam.

Este foi o verdadeiro início de JOGADORES ANÓNIMOS.

Após aparecer num programa semanal na televisão, com um saco de papel na cabeça, recebeu quinze consultas sobre o horário e a localização da próxima reunião de JA

A data: Sexta-Feira, 13 de setembro de 1957

AS 20 PERGUNTAS

1. Já perdeu horas de trabalho ou de escola devido ao jogo? 

2. Alguma vez o jogo causou infelicidade à sua vida familiar?

3. O jogo afetou a sua reputação?

4. Já sentiu remorso depois de jogar?

5. Já alguma vez jogou para obter dinheiro para pagar dívidas ou para resolver dificuldades financeiras?

6. O jogo causou uma diminuição na sua ambição ou eficiência?

7. Após ter perdido, já alguma vez se sentiu como se necessitasse voltar o mais cedo possível e recuperar as suas perdas?

8. Após ganhar, já sentiu uma forte vontade de voltar e ganhar mais?

9. Geralmente jogava até ao seu último cêntimo?

10. Já pediu dinheiro emprestado para financiar o jogo?

11. Já alguma vez vendeu alguma coisa para financiar o jogo?

12. Já alguma vez sentiu relutância em usar “dinheiro de jogo” para as despesas normais?

13. O jogo tornou-o descuidado com o seu bem-estar e o da sua família?

14. Já alguma vez jogou por mais tempo do que o planeado?

15. Alguma vez jogou para fugir das suas preocupações ou problemas?

16. Alguma vez cometeu ou pensou em cometer um ato ilegal para financiar o jogo?

17. O jogo fez com que tivesse dificuldades em dormir?

18. Discussões, desapontamentos ou frustrações fizeram com que tivesse vontade de jogar?

19. Alguma vez já teve vontade de celebrar boas notícias/acontecimentos positivos com algumas horas de jogo?

20. Alguma vez pensou em fazer mal a si próprio por causa do jogo?

A maioria dos jogadores compulsivos responderá sim a, pelo menos, sete destas perguntas.

Contacto
Geral

919 449 917

Grupo de Sintra
“Acreditar”

962 825 750

Grupo do Porto
“Porto”

933 191 317

Reuniões via Zoom

Segunda-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9998896274
Renascer

Segunda-Feira das 21h30 às 23h00
https://us02web.zoom.us/j/88235570238
Um dia de cada vez

Terça-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9998896274
Renascer 

Terça-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9628257500
Acreditar

Quarta-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9998896274
Renascer

Quarta-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9628257500
Acreditar 

Quinta-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9998896274
Renascer 

Quinta-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9628257500
Acreditar

Sexta-Feira das 21h30 às 23h00
https://us02web.zoom.us/j/88235570238
Um dia de cada vez

Sexta-Feira das 21h15 às 22h45
https://us02web.zoom.us/j/9628257500
Acreditar

Domingo das 21h30 às 23h00
https://us02web.zoom.us/j/88235570238
Um dia de cada vez

Contactos

LISBOA
Grupo ” Um Novo Começo “
CENTRO PAROQUIAL DO CAMPO GRANDE
CAMPO GRANDE, 244
Tel. 919 449 917 

SINTRA
Grupo “Acreditar”
IGREJA SÃO MIGUEL
AVENIDA ADRIANO JÚLIO COELHO Nº3,
2710-518
Tel. 962 825 750

PORTO
Grupo “PORTO”
Igreja Paroquial de Leça da Palmeira
Tel. 933 191 317

© 2024 Jogadores anónimos | Todos os direitos reservados